Haitiano estreia pelo Athletic Club de São João del-Rei

A chuva até parou para que o Athletic Club, de São João del-Rei, e uma de suas contratações para
a disputa do Módulo II, o zagueiro haitiano Badio Stanley, conquistassem a vitória na primeira
partida de 2020, em partida amistosa contra o Coimbra Sports, de Contagem, no Estádio Joaquim
Portugal, em São João del-Rei. 

O Esquadrão de Aço abriu o placar com um belo gol de fora da área do camisa 10, Filipinho.
O segundo  veio logo na retomada da segunda etapa dos pés do ponta Mococa. Badio Stanley
entrou em campo na metade do segundo tempo substituindo Rayan no centro da defesa.
O destaque da atuação do jogador de apenas 20 anos foram as bolas lançadas da defesa ao
ataque. Uma delas seria uma grande oportunidade do 3-0 mas o atacante estava em posição de impedimento. 

Badio Stanley em campo durante a estreia. Foto: Felipe Souza


Confira os gols da partida clicando aqui.


Badio Stanley Saint Nosier foi anunciado pelo clube são-joanense  no dia dois de dezembro e
um mês depois se apresentou ao novo clube. Ele chega por empréstimo até o final de maio, quando
se encerra o Módulo II do Campeonato Mineiro. "O time provou que está se preparando bem para o
campeonato e lutar pelo acesso. Fizemos uma boa estreia e acredito que chegaremos longe. Não
posso avaliar meu desempenho por mim mesmo mas com certeza entrei em campo e dei o meu
melhor para conquistar essa vitória", comentou o defensor após o jogo. 

Foto: Athletic Club/Reprodução
No Brasil desde os 16 anos, precisamente há três anos e meio, fez parte da equipe do Pérolas
Negras. O time faz parte do Projeto Viva Rio e acolhe refugiados do Haiti, Jordânia e Venezuela.
O Pérolas Negras possui uma academia de futebol no país Caribenho e Stanley foi selecionado em
uma peneira. Por lá ficou por dois anos até se mudar para o Brasil. Em 2019, disputou a Copa São
Paulo de Futebol Júnior pelos cariocas. No Athletic Club está tendo a oportunidade de alcançar
seus sonhos. "Mantenho o mesmo objetivo que tinha quando criança: ser contratado por um grande
clube para poder ajudar minha família e meu país. É isto que está em meu coração", contou. 


Badio destacou a estrutura do time são-joanense e comenta que nunca tinha realizado treinamentos
que são aplicados no Esquadrão de Aço. Apesar de ainda não ter conhecido as igrejas e a Maria
Fumaça, pontos marcantes da cidade histórica, disse que foi ao Centro para comprar algumas
coisas. "A arquitetura de São João del-Rei me lembrou muito a capital portuguesa, Lisboa".


Futebol Haitiano


O futebol haitiano vive a melhor fase de sua história. O país foi semifinalista da Copa Ouro 2019 e
se classificou, pela primeira vez, para a Copa do Mundo Sub 17, realizada no Brasil, em outubro de
2019. O Haiti sonha agora com a participação nas Olimpíadas, este ano, realizada em Tóquio, no
Japão. Os haitianos estão no grupo B junto a Canadá, El Salvador e Honduras. Sobre a seleção
Olímpica, comenta que o país conta com bons jogadores e acredita que podem chegar longe. "Se
os dirigentes acertarem e motivarem os atletas, o país pode concretizar mais um sonho", enfatiza. 


Quando questionado se ele poderia compor a equipe olímpica, Badio Stanley se mostrou disposto
e confiante. "Por mim eu posso jogar em qualquer time. Eu preciso me preparar para quando
a oportunidade chegar".

Texto: Felipe Souza

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja quem são os destaques de cada time da Liga jamaicana 2019-2020

Top 5 do Mercadão da bola de janeiro na Liga Jamaicana

Na terra do reggae também se joga futebol